Inteligência Artificial na imagem: acurácia e identificação de diferenças sutis

A Inteligência Artificial (IA) foi um tema recorrente na JPR 2018. Além de aulas distribuídas na grade científica, o terceiro dia do evento foi encerrado com a Sessão Plenária de IA, uma atividade especial que contou com a apresentação de duas aulas, sob a coordenação do diretor científico da SPR, Dr. Renato Adam Mendonça.

Os Drs. Marc Kohli, da Universidade da Califórnia, em São Francisco (EUA) e o brasileiro Luciano Prevedello, do Departamento de Radiologia da Universidade Estadual de Ohio (EUA), falaram sobre A história da Inteligência Artificial: como chegamos até aqui? e Aplicações atuais em radiologia e perspectivas futuras da Inteligência Artificial, respectivamente.

Dr. Kohli (à eaq. na foto) abriu sua palestra explicando que as pesquisas em IA já acontecem há muitos anos, com a participação de diferentes pessoas ao longo do tempo e que, desde o início, a medicina esteve entre as áreas de maior interesse dessa tecnologia. Ele explicou que o chamado machine learning e o deep learning são a evolução do estudo de reconhecimento de padrões e exemplificou sua aplicação na radiologia. “Nem sempre uma pessoa consegue distinguir diferenças sutis ou ocultas na imagem. Os computadores fazem isso, então há um enorme potencial nessa tecnologia”, avaliou.

Já o Dr. Prevedello deu um panorama do andamento da IA nos EUA e compartilhou exemplos de seu uso na radiologia, não apenas na área de imagem, mas também de sua aplicação em textos, sumarização e reports.

Falando sobre a IA aplicada a volumes de texto não estruturados, afirmou que essa tecnologia tem sido usada, por exemplo, para criação de estudos de protocolos de exames com acurácia superior a 85%. Outra aplicação destacada pelo especialista tem a ver com detecção de aspectos críticos em exames de imagem de TC sem contraste, que possibilitam a classificação dos pacientes em ordem de prioridade.

Confira a cobertura completa desta seção na edição de junho do Jornal da Imagem, que pode ser acessado por aplicativo exclusivo para os sistemas Android e iOS.

>